sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Debut

Com você seria diferente.
O primeiro beijo teria sabor de primeiro beijo
Jeito de quinze anos,
Tremor de adolescência.

Com você, qualquer palavra de amor pareceria original.
Toda música, a primeira dança.
Toda dança, valsa de debut.

Com você, fazer amor seria como a primeira vez.
Acordaria com um sorriso nos lábios,
Imaginando que alguma coisa mudou,
Entre a Terra e o Universo.

Com você, se a esperança não me abandonar,
Tudo pode ser diferente.

Foto by: Marcelo Guerato - http://www.flickr.com/photos/guerato/

Um comentário: