quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Da série: #Tuitaqueteescuto


Oficialmente desistindo da perfeição. Oficialmente desistindo do impossível. Definitivamente abraçando o inesperado, o imprevisível.

Deliberadamente, deixando de ser uma. Continuamente, buscando ser várias. Humanamente, aceitando ser quem sou: não me divido, não me quebro.

Divinamente refletindo em mil cores, com direito a nuances variados, pedaços de cristal quebrado...que fazem mais luz que o cristal inteiro.

                                                              #####


Meu problema de solidão não é agudo - é crônico e de nascença. Não é estar sozinha, é ser. Mesmo muito acompanhada...

Não sou desse planeta. Acho que fui abduzida por humanos antes de nascer... Faço tudo pra parecer normal, mas tem coisas que não entendo...

Daí, toda vez que sou obrigada a refletir sobre a vida, a única frase que faz sentido é: ET PHONE HOME.

2 comentários:

  1. Muitas vezes, tudo o que queremos é só um caminho seguro pra voltar pra casa...

    Beijos, amada!

    ResponderExcluir
  2. Sou uma, ainda que fragmentada. Estilhaços de mim fogem na madrugada. Na manhã que surge, ressurge Fabiana Phoenix: completa e alinhavada. Retalhos de vida teimam em não formar o esboço. Não mais me desespero. Espero submergir o mosaico, do fundo do poço, trazendo água cristalina, sem alvoroço. Olho para o céu, vejo a imensidão da vida que cabe em mim, enfim, reflito, aliviada, pronta para mais uma jornada de mistérios q/ o caminho há de me revelar. Sonhar, viver, realizar! da série #espelhosfugazes Beijos, Márcia!

    ResponderExcluir